CARLA MOLINARI

Candidata a Presidente
Desde criança que os cães foram a minha paixão e dediquei-lhes toda a minha vida.

Iniciei o meu percurso como expositora e criadora em 1963 com a raça Pastor Alemão tendo registaddo o meu afixo DO VALE NEGRO nesse mesmo ano.

Frequentei assiduamente todas as exposições caninas dessa época, primeiro como visitante e em seguida como expositora.

A partir daí nunca mais parei de viajar neste percurso maravilhoso que é o mundo dos cães e da Canicultura.

Como criadora obtive grandes sucessos em diversas raças nomeadamente os Galgos Afghans, os Salukis e os Whippets, tendo importado diversos cães de topo que deram início a esse meu trabalho de criação. Em ringue acumulei sucesso e vitórias, tendo conseguido títulos internacionais e nacionais, múltiplos BIS e qualificações de Melhor Cão do Ano.

Entrei nas Raças Portuguesas a convite do Dr. António Cabral, em 1970, a quem devo a base da minha formação técnica, dedicando-me em pleno ao Cão de Água Português, que criei durante anos e promovi internacionalmente com dezenas de cães campeões do meu afixo no circuito internacional. Dirigi o centro de criação de Raças Portuguesas do Jardim Zoológico de Lisboa e dediquei-me ao Podengo Pequeno a partir de 1985, raça que ainda hoje crio e que me apaixona.

Entrei para vogal da Secção de Canicultura do Clube de Caçadores Portugueses em 1968 e fiz parte de todas as Direções presididas pelo Dr. António Cabral até à sua saída em 1980. A partir dessa data assumi sucessivamente diversos cargos de Secretária-Geral, Vice-Presidente, Presidente da Mesa da Assembleia e por fim de Presidente da Direção.

Já nessa qualidade, acompanhei diretamente a transformação do Clube numa entidade com estatutos próprios, tendo liderado o seu processo de reconhecimento como Entidade de Utilidade Pública. Presidi a todas as subsequentes Direções do Clube conseguindo obter para Portugal, na FCI, o primeiro grande evento de Canicultura que o Clube organizou, em 1994, o EUROPEU DE BELEZA, o evento cujo sucesso permitiu ao CPC obter meios próprios para expandir os seus horizontes e adquirir instalações dignas em Lisboa e no Porto.

Sete anos mais tarde organizámos o MUNDIAL 2001 no Porto que consolidou ainda mais a posição e o prestígio do CPC.

Como gestora do Clube durante mandatos sucessivos a minha maior preocupação foi a de garantir que a solidez financeira se mantivesse, de forma a poder fazer frente às diversas solicitações da gestão de todas as áreas da canicultura em Portugal. Preocupei-me também em criar uma reputação internacional de prestígio e qualidade para a Canicultura Portuguesa em todas as suas vertentes.

As nossas raças Portuguesas foram desde sempre uma prioridade, tendo lutado para a sua internacionalização, nomeadamente acompanhando diretamente na FCI os processos de reconhecimento do Cão de Fila de São Miguel e do Cão de Gado Transmontano, tendo organizado em Portugal, com grande sucesso, o Congresso Internacional do Cão de Água Português.

Ao longo da minha vida obtive inúmeras satisfações pessoais entre as quais destaco: Juiz Allbreeds da FCI reconhecido pelo KC e AKC tendo julgado em praticamente todos os países do Mundo e, ao mais alto nível, em grandes eventos mundiais incluindo diversas Exposições Mundiais e a Crufts, onde tive a honra de julgar o Grupo Hound em 2015.

Sou Membro desde 1987 do Comité da FCI em diversos sucessivos mandatos e do seu Executivo, onde ocupei por três vezes o cargo de Tesoureiro e uma vez o de Vice Presidente, fazendo neste momento parte do Comité Geral dessa Organização onde sou cordenadora das áreas da Educação, Criação e do Mondioring.

Sou Membro de Honra da Federação Cinológica Internacional desde 2011.

Medalha de Ouro Baron Von Gilgis da VDH pelo meu trabalho na área de educação de juízes da FCI.

Medalha de Mérito Camarário da Camara Municipal de Cascais pelo trabalho desenvolvido na área da canicultura.

Sou autora de diversas publicações e livros sobre Raças Portuguesas, nomeadamente sobre o Cão de Água, Podengo Pequeno e Cão de Gado Transmontano, incluindo a última edição do livro de Raças Portuguesas do Clube Português de Canicultura que concebi no seu conjunto.

Depois de tantos anos de atividade associativa posso dizer que os cães deram-me tudo na vida mas também lhes retribuí dedicando-lhes inteiramente a minha.